Universidade Católica Portuguesa
Pagina Inicial
PortalPortalAlunosAlunosDocentesDocentesWebmailWebmailFaceBookFaceBookTwitterTwitter
Faculdade de Ciências HumanasInício | Voltar | Imprimir

Mestrados 2º Ciclo

Descrição Plano Curricular Pedidos de Informação Condições de Admissão/Candidaturas Calendário Académico Horários Propinas Normas, Regulamento e Impressos Trabalhos Defendidos Saídas Profissionais Brochura 

MESTRADO EM TRADUÇÃO


Apresentação

O Curso de Mestrado em Tradução dirige-se a licenciados na área das Humanidades interessados em aprofundar a reflexão sobre as matrizes e os fenómenos culturais da tradução e em desenvolver competências tradutórias em 4 domínios: jurídico, económico, literário e audiovisual.

A parte curricular do Mestrado estrutura-se em dois semestres, sendo que o primeiro inclui seminários de fundamentação teórica e seminários temáticos, que apresentam estudos integrados sobre questões de relevância para os estudos de tradução, enquanto o segundo semestre está vocacionado para a aplicação prática de saberes e linguagens.

O Curso de Mestrado em Tradução visa promover a reflexão crítica acerca do estatuto, da função e do papel que os tradutores desempenham na cultura ocidental e formar tradutores competentes, aptos para enfrentar as exigências da profissão e do mundo do trabalho.

Objectivos fundamentais:

  • O Curso de Mestrado em Tradução tem um objectivo transdisciplinar, cruzando saberes diversos com o estudo de traduções particulares, no intuito de fornecer aos mestrandos instrumentos de investigação e um quadro linguístico-cultural a um tempo alargado e aprofundado. Este percurso permitirá, assim, uma ampla indagação do fenómeno da tradução na actualidade, problematizando, a partir de aportes diversos, o lugar da tradução na encruzilhada entre a pulsão hermenêutica, as diferentes geografias do olhar e o apelo da diferença.
  •  Visando familiarizar os estudantes com alguns dos principais veios que percorrem e alimentam as humanidades no contexto histórico-filosófico da modernidade tardia, o plano curricular procura reflectir criticamente sobre tradução em dois momentos diferentes mas, de certo modo, complementares e interdependentes: o nível que poderia talvez designar-se por literal, i.e., a tradução enquanto prática ancilar que possibilita trocas comerciais, culturais e ideológicas entre povos e indivíduos; e o nível figurativo, em que a tradução se institui metáfora do estar-no-mundo contemporâneo, sendo utilizada por variadíssimos campos do saber, incluindo, entre outros, o da antropologia cultural.
  •  Característica deste curso é a possibilidade de ele desembocar em três produtos diversos, cabendo ao estudante optar por levar a cabo um trabalho mais académico de investigação (dissertação), realizar um estágio numa empresa de tradução e produzir um relatório sobre essa experiência ou fazer um exercício que, tendo um pendor profissionalizante (projecto), poderá assumir diversas formas, a saber: (i) tradução crítico-reflexiva de um texto; (ii) crítica fundamentada e aprofundada a um texto já traduzido e publicado; (iii) elaboração de glossários terminológicos, entre outros.
  •  O Curso de Mestrado em Tradução visa, genericamente, o desenvolvimento das capacidades críticas e de compreensão sistemática de problemas e práticas culturais, permitindo a produção de conhecimentos científicos e a integração dos mestrandos em equipas de investigação, além de os preparar para os desafios do mercado de trabalho.

Assim, o Mestrado procura:

  • Alargar e problematizar as expectativas e os saberes dos mestrandos em relação ao grande número de fenómenos culturais «invisíveis» ou desvalorizados nas sociedades contemporâneas;
  • Fornecer instrumentos metodológicos, a fim de que os mestrandos fiquem habilitados a proceder a investigação autónoma no campo disciplinar dos Estudos de Tradução;
  • Promover a reflexão crítica acerca do lugar da cultura no conjunto de práticas artísticas, sociais e políticas que enformam o nosso modo de estar no mundo;
  • Fomentar a produção de conhecimento sério e rigoroso acerca da cultura e das suas práticas, ao longo dos tempos, de modo a alargar e aprofundar o quadro que possuímos acerca da nossa história cultural, nacional, europeia e global;
  • Formar tradutores informados e competentes em quatro áreas da profissão: tradução de textos jurídicos, económicos, literários e audiovisuais.

 

 



| Voltar |


Topo
Logotipo Acessibilidades FCH Facebook FCH Twitter

Nome: Faculdade de Ciências Humanas
Palma de Cima, 1649-023 Lisboa
Telefone: 21 721 41 99
Fax: 21 727 17 00
E-mail: direccaofch[at]fch.lisboa.ucp.pt ; ecarvalho[at]fch.lisboa.ucp.pt
Página Pessoal: www.fch.lisboa.ucp.pt

Universidade Católica Portuguesa > Lisboa > Porto > Braga > Viseu
Página Inicial